Primeiro post

Pronto, criei um blog.

Eu já tinha um blog, primeiro ele não tinha propósito, depois eu ia falar sobre namorar a distância, meu namorado voltou e ele voltou a ficar sem propósito.

Meu namorado lia, mas já não lê mais. Ele esqueceu o endereço, então devia ser mesmo interessantíssimo.

Aí comecei a pensar sobre um novo blog, para falar do quanto eu me sinto perdida. Eu vejo toda a minha geração perdida, dispersa, sem rumo.

É só ver o verbo “procrastinação”. É tão específico, mas tão popular entre os jovens nascidos em meados da década de 80. É o mal da nossa geração, o tempo perdido, a atenção dispersa. Enquanto a doença da geração anterior era o transtorno bipolar, a da nossa geração é o défcit de atenção.

Somos dispersos, imprecisos, generalistas. Não temos grandes objetivos e não vemos sentido em muita coisas. Todo o tempo perdido prenuncia uma geração inteira perdida.

6 de outubro de 2011. Devaneios.

Deixe um comentário

Be the first to comment!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback URI

%d blogueiros gostam disto: